Conheça diversos biomas em um só lugar, visite o Jalapão

Cachoeira do Formiga
Cachoeira do Formiga

 

Se existir um lugar no Brasil que foi mais abençoado com a variedade de biomas que o Jalapão, com toda certeza, ainda não foi descoberto pelo homem. Em que outro lugar você encontra a mistura de tantos biomas juntos? Cerrado, deserto, savana e claro, um conjunto de cachoeiras e rios de águas cristalinas. 
Apesar da praia mais próxima ficar a centenas de quilômetros de distância, o Jalapão tem dunas e areia fina. Graças a ação dos ventos e da erosão das pedras de arenito que formam a Serra do Espírito Santo. Esses paredões de areia fina e alaranjada com 40 metros de altura se instalaram no meio do cerrado tocantinense em um fenômeno único e de beleza inigualável, e que proporcionam um show de cores a cada hora do dia. 
O cerrado também é um show à parte, com uma vegetação praticamente intocada pelo homem. Quem visita o Jalapão ganha de brinde o contato com animais silvestres como emas, corujas buraqueiras, araras-azuis, periquitos, tatus e tantos outros. 
A vegetação também tem encantos e segredos, como as flores e o capim-dourado que cresce na região brindando com beleza e delicadeza o cenário desafiador que compõe o caminho para as atrações desse lugar. 
Um dos locais mais impressionantes que você verá é o Cânion Sussuapara, que a Deserto do Jalapão te leva para conhecer. Nesses paredões de pedra com 12 metros de altura se encontra uma nascente de água limpa e cristalina, que mesmo no período seco, tem cascata de água geladinha para refrescar os dias quentes. Neste lugar, é possível ter um contato imediato e único com o cerrado. 

Cânion Sussuapara
Cânion Sussuapara

 

 

Sabe a sensação de que somos apenas um pequeno grão em meio à vastidão do universo e que ainda temos muito para aprender com a natureza?! Uma infinidade de paisagens se abre diante dos olhos, cada uma com moldura diferente.
Visitar o Jalapão não é apenas uma viagem! É uma experiência que vai deixar recordações na alma!